2004-11-25

Politiquices

Confesso a minha ingenuidade política.

No entanto, fala-se tanto que o PR obrigou o PM a remodelar o governo e não consigo deixar de estranhar...

Então o PR vai fazer uma coisa dessas? O que é que tem a ganhar?
E se o PM dissesse que não? Fazia birra, dissolvia a assembleia e convocava eleições?
E tendo dito que sim, isso significa que mudou alguma coisa assim de tão substancial? E passa o PR a ser co-responsável pelo desempenho do Governo, uma vez que condicionou a sua composição?

E o PM? Com que cara é que enfrenta os portugueses, depois de permitir uma ingerência destas?
Não seria melhor para ele dizer que não? Mantinha uma posição de força e, caso o PR partisse para a opção mais extrema, surgia na posição que tanta gente diz que lhe assenta como uma luva, de injustiçado.

Certo?

O que é que está a falhar no meu raciocínio?

2004-11-21

Futebóis

Ontem li no JN quanto ganham os árbitros portugueses por cada jogo da SuperLiga em que actuam.

Depois vi o Porto-Boavista.

Conclusão lógica: fiquei deprimido.

Auto-comiseração

Quando começo a pensar em todos os livros absolutamente extraordinários que nunca lerei, em todos os filmes deslumbrantes que nunca verei, em toda a música maravilhosa que nunca ouvirei (em todas as mulheres que nunca amarei), começo a perguntar-me o que será mesmo que ando aqui a fazer...

E todos os dias se me deparam mais filmes, mais livros, mais músicas (e mais mulheres), e só vejo o abismo a aumentar.

2004-11-19

Ora aqui está. My thoughts in a nutshell...

2004-11-18

Média alucinante de posts

Ai sim senhor, um gajo que actualiza o blogue uma vez por ano está mesmo a pedir visitas. Ainda por cima, para não dizer nada de jeito.