2005-01-10

Futebolêsmente falando...

...foi um fim de semana sem surpresas.

O Sporting jogou melhor que o Benfica, como se esperava. E tal como se espera, quem jogou melhor ganhou. O Liedson fez as fitas do costume, marcou os golos esperados.

Naturalmente, aconteceram também os casos de arbitragem, como toda a gente previa.
Na minha opinião, foram quase todos muito bem resolvidos pela equipa de arbitragem - a expulsão do Alcides pareceu-me muito forçada, mas o árbitro é humano e não é fácil distinguir "em tempo real" se o toque é suficiente para causar a queda do artista...

Eu tenho para mim que os árbitros se deveriam precaver contra este tipo de situações, ou seja, deveriam levar em conta o historial de simulações de cada jogador. E se um jogador como o Liedson (ou o João Pinto, ou outros do género) sofre falta, só se for flagrantíssima é que a falta deveria ser marcada. Porque estes tipos passam a vida a gozar com os árbitros, a fazê-los passar por incompetentes (ou pior) e como tal deveriam não deveriam ter a simpatia de quem é mais prejudicado por eles.


Já o meu Porto fez também o que se esperava. Depois de uma semana turbulenta, com os atrasos da escola de samba do Dragão e com o recambiamento de dois deles para outras paragens, a equipa entrou em campo em estado completo de doideira. O facto de o Fernandez ter retirado toda a gente do miolo do campo, espalhando a malta por toda a parte onde não se ganha o domínio do jogo, ajudou ao descalabro.

Na segunda parte o Porto lá se reencontrou, passou a ocupar minimamente essa zona do campo, e voltou aos festivais de golos falhados. Como já se vai esperando, de resto...